SMTT orienta aos motoristas sobre a utilização correta do triângulo

Item é obrigatório em veículos, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB)

Ascom SMTT 14/08/2022 às 08:20

Garantir a segurança viária é a prioridade para os órgãos responsáveis pelo trânsito. Entre as missões para que seja alcançado o êxito, está a conscientização para o uso correto dos equipamentos de sinalização e segurança dos veículos e, principalmente, de condutores e pedestres. Pensando na importância dos itens de segurança, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) inicia uma série voltada para orientar sobre o uso correto de cada equipamento. O primeiro aparelho abordado é o triângulo de segurança.

Item é obrigatório em veículos, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Foto: Weverton Silva (Ascom SMTT).
Item é obrigatório em veículos, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Foto: Weverton Silva (Ascom SMTT).

O triângulo de segurança é um dos itens de segurança obrigatórios para o veículo. Este equipamento deve ser usado quando o veículo estiver impossibilitado de andar e/ou ser retirado da via. Seu uso é fundamental para que os outros motoristas tenham ciência da existência de alguém parado logo à frente, diminuindo assim o risco de acidentes.

“Todos os equipamentos existentes no veículo, que sejam voltados para a segurança, devem ser valorizados, independente de serem ou não itens obrigatórios no Código de Trânsito Brasileiro (CTB)", pontuou o assessor de mobilidade da SMTT, Glauco Andrade. "No caso específico do triângulo, é importante ter o item e ter o conhecimento sobre o seu uso correto para que o motorista, em caso de impossibilidade de movimentar ou remover seu veículo, fique seguro enquanto aguarda a chegada do socorro", destacou.

Quando usar?

Em situações onde não haja a possibilidade de retirar o veículo rapidamente da via. Entre as principais ocorrências estão problemas mecânicos, pneu furado, pane elétrica ou se o condutor se envolver em algum acidente, ou qualquer momento em que o motorista precise estacionar.

Foto: Weverton Silva (Ascom SMTT).
Foto: Weverton Silva (Ascom SMTT).

É importante lembrar que a prioridade para manter a segurança é evitar parar na via. Se não houver essa possibilidade, o ideal é estacionar na faixa da direita.

Como usar?

Segundo o CTB, o primeiro passo é ligar o pisca-alerta do veículo. Em seguida, o motorista precisa colocar o triângulo a, pelo menos, 30 metros de distância, que equivale a aproximadamente 30 passos largos da traseira do veículo.

Porém, para aumentar a sua segurança e a de seu veículo, coloque o triângulo de sinalização a uma distância correspondente à velocidade da via em que ele está. Por exemplo, se a velocidade é de 40 km/h, o triângulo deve estar a 40m do veículo. Se a velocidade for 80 km/h, coloque a 80m e assim por diante.

Caso haja uma curva no meio da sua contagem de passos, caminhe até o final dela e reinicie os passos. E em caso de chuva, neblina ou cerração, dobre a distância. Essa é a melhor forma de sinalizar e evitar acidentes nesses casos.

Em caso de estar sem o triângulo, o ideal é fazer a sinalização utilizando galhos de árvore, por exemplo. Ressaltando que andar sem o triângulo é infração gravíssima com multa no valor de R$191,54 e menos 5 pontos na carteira de habilitação do condutor.

Vale ressaltar que em casos de acidentes de trânsito, os motoristas podem entrar em um acordo sem acionar as autoridades de trânsito. Já se houver vítimas, é preciso acionar imediatamente os serviços de urgência, como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Os cidadãos podem acionar as equipes da SMTT pelo 3312-5340 ou pelo aplicativo SMTT Maceió - NOI Cidadão, disponível para os usuários dos sistemas operacionais Android e iOS.

Os canais funcionam todos os dias da semana e são operados no Núcleo de Operações Integradas (NOI), que funciona 24 horas por dia.

SMTT

Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito

Avenida Durval de Góes Monteiro, 829 - Tabuleiro do Martins
CEP 57061-000 // Telefone: (82) 3312-5330.
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.