Confira principais sintomas de dengue e onde buscar atendimento em caso de suspeita

Notificações de doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti cresceram até 258% em relação ao mesmo período do ano passado

Nesttor Netto (estagiário)/Ascom SMS 02/05/2022 às 14:24
Confira principais sintomas de dengue e onde buscar atendimento em caso de suspeita
Aedes aegypti transmite dengue, chikungunya e zika (Foto: reprodução Internet)

A Prefeitura de Maceió iniciou, nesta segunda-feira (2), a campanha 'Maceió Unida Contra a Dengue', com ações integradas de controle de vetores, vigilância epidemiológica, educação ambiental, identificação e eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

As ações pretendem conter o avanço das doenças transmitidas pelo mosquito, que apresentam crescimento na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo informação do Boletim Epidemiológico Arboviroses: Dengue, Chikungunya e Zika.

O boletim informa que entre as semanas epidemiológicas 01 e 16, foram notificados 299 casos de dengue, crescimento de 133,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Os casos de chikungunya também cresceram. Foram notificados 43 este ano, 258,3% a mais que no ano passado, quando foram notificados 12 casos; e 19 notificações de zika, 171,4% a mais que em 2021, quando foram notificados 7 casos.

Mosquito Aedes aegypti (Foto: reprodução Internet)
Mosquito Aedes aegypti (Foto: reprodução Internet)

Principais sintomas 

Os principais sintomas de dengue são febre alta com duração usual de 2 a 7 dias, podendo ocorrer náuseas e/ou vômitos, erupção na pele, dores musculares ou nas articulações, acompanhadas por dor de cabeça e atrás dos olhos, prostração e fraqueza.

No caso de zika ocorre o aparecimento de manchas vermelhas na pele, acompanhadas de febre baixa de 38ºC, hiperemia conjuntival sem secreção, coceira e dores leves nas articulações.

A chikungunya causa febre alta de início rápido, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, além de dedos, tornozelos e pulsos com início agudo não explicado por outras condições, podendo também ocorrer dor de cabeça, muscular e manchas vermelhas na pele.

Locais de atendimento

É indispensável procurar consulta médica para ter um diagnóstico precoce.

As recomendações para a população, em caso de suspeita de uma das doenças, é recorrer aos serviços de atenção primária à saúde. Ao apresentar alguma sintomatologia compatível com dengue, zika ou chikungunya, a população deve procurar uma das Unidades de Pronto Atendimentos – UPAs –, Ambulatórios 24h Noélia Lessa e Dom Miguel Fenelon Câmara, Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Estratégia em Saúde da Família.

Sobre as doenças

As doenças epidemiológicas de arboviroses  são transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti. A proliferação acontece por meio de água parada, onde a fêmea do mosquito deposita os ovos. O contágio ocorre pela picada do inseto. A Secretaria de Municipal de Saúde de Maceió considera importante que a população maceioense  fique atenta aos sinais, pois se assemelham com  algumas manifestações gripais.

Informações sobre locais com água parada e potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti devem ser passadas para a Coordenação Geral de Epidemiologia da SMS no telefone (82) 3312-5495. Por meio deste contato, a população tanto pode denunciar áreas com potencial para a proliferação do vetor, quanto receber orientações sobre como prevenir a instalação de criadouros do mosquito.

SMS

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Dias Cabral, 569 - Centro
CEP 57020-250 // Telefone: 82 3312-5400
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.