Procon Maceió orienta consumidores sobre quais materiais podem ser solicitados pelas escolas

Órgão também divulga pesquisa de preços dos materiais escolares

Ascom Procon 06/01/2022 às 10:45
Procon Maceió orienta consumidores sobre quais materiais podem ser solicitados pelas escolas
Procon realiza pesquisa de preços de materiais escolares.

Com o objetivo de orientar os consumidores sobre seus direitos e deveres a respeito da lista de materiais escolares, o Procon Maceió divulga lista de materiais que podem ou não ser solicitados pelas escolas no início do ano letivo.

De acordo com o diretor executivo do Procon Maceió, Leandro Almeida, só podem ser solicitados os materiais de uso individual e não os que são de uso coletivo. Confira as listas.

Materiais que NÃO PODEM ser solicitados pelas escolas

Papel higiênico

Detergente

Sabonete*

Material de limpeza em geral (desinfetante, lustra móveis, sabão em barra, dentre outros)

Pasta de dentes

Shampoo*

Pincel atômico

Giz branco ou colorido

Grampeador e grampos

Fitas adesivas

Álcool (líquido ou em gel)

Medicamentos

Cartucho para impressoras

Produtos de construção civil (tinta, pincel, argamassa, cimento)

Flanelas

Marcador para retroprojetor

Copos, pratos e talheres descartáveis

Bolas de sopro

Esponja para pratos

Palito de dentes

Elastex

Lenços descartáveis

Cordão e linha

Fitas decorativas

Fitilhos

TNT

Tonner

Pregadores de roupas

Plástico para classificados

Pastas classificadoras

Resma de papel ofício

Papel de enrolar balas

Papel convite

CD-R e DVD-R

Balde de praia

Brinquedos para praia

Brinquedos e jogos em geral

Palitos de churrasco

Palitos de dente

Argila

Envelopes

Sacos plásticos

Carimbo

Colas em geral, inclusive colorida

Livro de plástico para banho

Miniaturas em geral (carros, aviões, construções)

Fita dupla face

Pen drive, dentre outros
*shampoo/sabonete: apenas permitido aos alunos do Ensino Fundamental I, desde que matriculados na modalidade de tempo integral.

Materiais que PODEM ser solicitados

Até dois rolos de fitas adesivas coloridas, por ano letivo

Até duas folhas de isopor, por ano letivo

Até um pacote de algodão, por ano letivo

Até quatro folhas de cartolina, branca ou colorida, a critério da instituição de ensino, por ano letivo

Até um pacote de canudinhos coloridos, por ano letivo

Até um pacote de palito de picolé, por ano letivo

Até dois pincéis para pintura, por ano letivo

Até quatro tubos de tintas, cujas cores poderão ser definidas pelas instituições de ensino, por ano letivo

Até dois pacotes de massa de modelar, por ano letivo

Até quatro revistas em quadrinhos ou livros paradidáticos, por ano letivo

* Esses materiais devem ser individualizados

Pesquisa do Procon Maceió

Ainda para auxiliar o consumidor a obter mais economia e evitar gastos excessivos que possam comprometer sua renda mensal, o Procon Maceió disponibiliza a lista dos itens pesquisados com valores e lojas visitadas. Confira aqui.

“Reutilizar materiais que sobraram do ano anterior, realizar compras coletivas com outros pais, em todas as hipóteses pedindo descontos, efetuar um bom planejamento antes das compras são algumas das ações primordiais para economizar”, aconselha Leandro Almeida.

Caso o consumidor tenha alguma dúvida em relação aos seus direitos ou queira fazer alguma denúncia, pode entrar em contato com o Procon Maceió por meio do 0800 082 4567 ou (82) 98882-8326.


SMG

Secretaria Municipal de Governo

Rua Sá e Albuquerque, 235 - Jaraguá
CEP: 57022-180 - Maceió/AL // Telefone: (82) 3312-5880
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h