Após denúncias, Equatorial apresenta plano de reordenamento de cabos e fios para o Procon Maceió

Cronograma inicial deve ser seguido até janeiro de 2023

Maria Maia/Secom Maceió 17/06/2022 às 13:00
Após denúncias, Equatorial apresenta plano de reordenamento de cabos e fios para o Procon Maceió
Procon Maceió realiza fiscalização de reordenamento de cabos e fios. Foto: Procon Maceió

Após as empresas de energia,  telefonia e internet serem notificadas pelas inúmeras denúncias realizadas pela insatisfação da população a respeito dos problemas ocasionados pelo excesso de fios e cabos nos  postes da capital, a Equatorial Energia apresentou ao Procon de Maceió  um cronograma de reordenamento dos cabos e fios. 

Segundo o diretor-executivo do Procon Maceió, Leandro Almeida, a Equatorial apresentou o primeiro cronograma de reordenamento, ao estabelecer que os serviços sejam realizados até janeiro de 2023, a princípio, na parte baixa da capital.

"O cronograma aponta que o reordenamento será realizado, inicialmente, para os postes da parte baixa da cidade até janeiro, e será apresentado para o primeiro semestre, do próximo ano, um novo cronograma de reordenamento para outras regiões da cidade, que será feito de forma unilateral pela empresa de energia, telefonia e os provedores de Internet", apontou Leandro. 

Ainda segundo o órgão, o cronograma foi proposto pela Equatorial e as empresas de telefonia e provedores de Internet foram notificadas pela companhia de energia para contribuírem com a modificação da instalação dos cabos e fios. Caso as empresas não compareçam para auxiliar no reordenamento, serão notificadas também pelo Procon. 

Leandro destacou que a Equatorial está disponibilizando o número  0800 082 0196, para que a população possa informar e denunciar sobre situações inseguras que provocam riscos à sociedade, como ocorrências de fio de energia elétrica ou de telefonia baixo, partido ou caído e outros serviços.  

Primeiro cronograma de reordenamento deve ser seguido até janeiro. Foto: Procon Maceió
Primeiro cronograma de reordenamento deve ser seguido até janeiro. Foto: Procon Maceió

"É  importante que a população faça a denúncia e caso não haja resposta da empresa, no tempo hábil, a população deve fazer a denúncia no Procon para que os responsáveis possam ser notificados, para que o problema possa ser prontamente resolvido", disse Almeida.

A população pode entrar em contato com a instituição por meio do telefone 199, 0800 082 4567, pelo WhatsApp 82 98882-8326 ou por e-mail, no atendimentoproconmaceio@gmail.com.

SMG

Secretaria Municipal de Governo

Rua Sá e Albuquerque, 235 - Jaraguá
CEP: 57022-180 - Maceió/AL // Telefone: (82) 3312-5880
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h