Voto feminino no Brasil faz 92 anos e Prefeitura de Maceió lembra luta de Almerinda Farias Gama

Advogada e sindicalista se tornou um referencial de luta na história política nacional

Allana Paiva (estagiária)/Secom Maceió 24/02/2024 às 09:30
Voto feminino no Brasil faz 92 anos e Prefeitura de Maceió lembra luta de Almerinda Farias Gama
Prefeitura de Maceió homenageia Almerinda Gama. Foto : Jonathan Lins/Secom Maceió

Neste sábado (24), o Brasil comemora os 92 anos da conquista do voto feminino e a Prefeitura de Maceió relembra a história da maceioense Almerinda Farias Gama, presidente do Sindicato das Taquígrafas e Datilógrafas, e uma das poucas mulheres negras que lutaram pelo direito da mulher ao voto nos processos eleitorais do País. Ela foi também a única maceioense a votar no pleito que elegeu a Assembleia Nacional Constituinte de 1933.

Para demarcar a importância da referência histórica de Almerinda Farias Gama como precursora da luta da mulher preta na política brasileira, a Prefeitura de Maceió instalou um painel com a foto e um texto explicativo sobre a atuação da advogada e sindicalista.

“A nossa grande comemoração é visibilizar a história da sufragista negra. É enfatizar que a Prefeitura de Maceió vem reconhecendo a sua importância quando coloca Almerinda na Praça da Mulher, dando um espaço referencial para que ela esteja lá", comenta a coordenadora do Núcleo da Igualdade Racial da Secretaria Municipal da Mulher, Pessoas com Deficiência, Idosos e Cidadania, Arísia Barros.

Arísia reconhece que a imagem de Almerinda, colocada na Praça da mulher, demonstra a valorização para que não só maceioenses, mas toda a população alagoana conheça mais de sua história e sua luta como heroína que foi para as mulheres.

A criação, em 2023, da Coordenadoria da Igualdade Racial, é um reconhecimento da Prefeitura de Maceió à luta de mulheres como Almerinda pela conquista de espaços e visibilidade na sociedade.

Coordenadora destaca reconhecimento histórico de Almerida Farias Gama. Foto : Jonathan Lins/ Secom Maceió
Coordenadora destaca reconhecimento histórico de Almerida Farias Gama. Foto : Jonathan Lins/ Secom Maceió

“É importante traçar esse paralelo da invisibilidade da mulher negra. E uma das propostas da Prefeitura de Maceió, quando cria a Coordenadoria Geral da Igualdade Racial, é que possamos ter uma nova cartilha, um novo olhar para as mulheres negras", diz.

A coordenadora ressalta, ainda, a iniciativa de criar na capital alagoana, o Dia da Almerida. “Em conjunto com a Coordenadoria da Igualdade Racial da Semuc, junto ao Instituto Raízes de África, temos um projeto levado à Câmara Municipal também, através da vereadora Olívia Tenório, para criar o Dia de Almerinda, que é o dia 16 de maio, data do seu nascimento”, informa.

SEMUC

Secretaria Municipal da Mulher, Pessoas com Deficiência, Idosos e Cidadania

Rua Sá e Albuquerque, 235, Jaraguá, Maceió/AL CEP 57022-180
Telefone: (82) 98746-9717
E-mail: cidadania@semuc.maceio.al.gov.br