Polo de economia criativa movimenta quase R$ 100 mil com comercialização de artesanato

Exposição de artesãos na Praça Gogó da Ema, na Ponta Verde, durou 50 dias e foi sucesso de público todos os dias

Tatiane Gomes/Ascom Semtabes 23/01/2023 às 11:05
Polo de economia criativa movimenta quase R$ 100 mil com comercialização de artesanato
Cerca de 180 artesãos foram beneficiados com iniciativa da Prefeitura de Maceió, com exposição na Praça Gogó da Ema. Foto: Juliete Santos/Secom Maceió

Na Praça Gogó da Ema, na Ponta Verde, funcionou um dos polos de economia criativa do Verão Massayó. O polo foi sucesso de público, atendendo turistas e maceioenses no local e foi encerrado no sábado (21). Durante 50 dias de exposição, os artesãos conseguiram aquecer a economia com a movimentação de R$ 93.237,25 em negócios fechados no local. 

Cerca de 180 artesãos foram beneficiados com a exposição organizada pela Prefeitura de Maceió, que apresentou ao mundo a verdadeira arte produzida pelas mãos dos mestres da cidade. Foram contemplados 18 empreendimentos da Economia Solidária participando em forma de rodízio, 18 artesãos do Mercado do Artesanato e 71 rendeiras do Pontal da Barra. 

“Esse tempo na praça Gogó da Ema foi muito importante. Essa iniciativa da Prefeitura com os artesãos é mais importante ainda, é necessária. Tivemos vendas significativas e eu estou maravilhada. Esse momento agora final e início de ano foi muito lucrativo para gente”, acredita a artesã Joseane Costa, do empreendimento solidário cadastrado na Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes). 

Secretário municipal do Trabalho, Maurício Filho ressalta que a sensação é de dever cumprido e a pasta já tem plano de ação para realizar outras exposições como esta em 2023, além de abrir novos espaços para que os artesãos possam comercializar: no Porto de Maceió, com a Economia Solidária e no Maceió Shopping, com um espaço para os artesãos no Maceió Shopping. 

"Os empreendimentos solidários, o mercado do Artesanato e as artesãs do Pontal se uniram e entregaram o genuíno artesanato de Maceió para os turistas e moradores da capital. Essa exposição realizada pela Prefeitura gerou renda, emprego e aqueceu a economia da nossa cidade, além de trazer incentivo para que o artesanato se mantenha vivo", ressaltou Maurício Filho. 

Para a presidente da Associação dos Artesãos do Pontal, Carmem Valéria, o momento foi um marco para as rendeiras do bairro, que participaram pela primeira vez da exposição de forma conjunta com a Semtabes. "Os artesãos que se dispuseram só têm a agradecer ao prefeito JHC e ao secretário Maurício. Foi um momento ímpar de divulgação do nosso bairro, do nosso filé, das nossas rendeiras e artesãs. E agora queremos participar de todos os eventos para divulgar nosso bairro e nosso filé, queremos ser vistos e essa é uma oportunidade", afirmou Valéria. 

SEMTABES

Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária

Sede: Rua do Imperador, 141 - Centro.
CEP 57020-670 // Telefone: (82) 3312-5290

Sine Maceió: Shopping Popular, Rua do Livramento - Centro.
CEP 57020-030. Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.