Prefeitura de Maceió se prepara para entregar unidades do Parque da Lagoa

Obras estão aceleradas e moradores do Vergel vão residir em apartamentos com dois quartos, cozinha, sala e banheiro

Thiago Gomes / Secom Maceió 25/04/2022 às 13:00
Prefeitura de Maceió se prepara para entregar unidades do Parque da Lagoa
Parque da Lagoa conta, atualmente, com 56% de obra concluída. Foto: Célio Júnior / Secom Maceió

As obras do residencial Parque da Lagoa, no Vergel do Lago, seguem em ritmo acelerado. Quem passa pela localidade, constata que os trabalhos não param, deixando no passado a vida difícil que moradores enfrentavam ali, dividindo espaço em barracos improvisados, sem dignidade e longe dos olhares prioritários do poder público.

Na última terça-feira (19), durante a solenidade em que assinou a ordem de serviço para revitalização da Praça da Bíblia, na Jatiúca, o prefeito de Maceió, JHC, anunciou que, com o avanço da construção, parte das unidades será entregue em algumas semanas.

De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), o Parque da Lagoa conta, atualmente, com 56% de obra concluída, sendo 62 blocos de apartamentos levantados. Ao todo, serão construídos 89 blocos, totalizando 1.776 imóveis.

“Já conseguimos mudar a realidade daquela comunidade, que esperava há anos por uma mudança que nunca chegava. E, agora, com muito trabalho, muita dedicação, planejamento, depois de acertar e ajustar as contas do Município para sobrar recursos e a gente poder investir em quem mais precisa. Em algumas semanas, faremos mais esta entrega”, revelou o prefeito.

JHC estava se referindo à liberação dos oito primeiros blocos de apartamentos, correspondendo a 160 imóveis. Cada apartamento conta com 42 metros quadrados de área, divididos em cinco cômodos, sendo dois quartos, cozinha, sala e banheiro.

Parque da Lagoa - Vergel do Lago. Foto: Célio Júnior / Secom Maceió
Parque da Lagoa - Vergel do Lago. Foto: Célio Júnior / Secom Maceió

O empreendimento habitacional vai abrigar mais de 7 mil moradores da região, que fazem parte do levantamento habitacional, feito pela prefeitura, no ano de 2019. A construção está orçada em R$ 140 milhões em recursos federais do programa Casa Verde e Amarela, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Todos os 1.776 imóveis do complexo serão ocupados por estas famílias da comunidade. As demais, porém, estão sendo alocadas em outros habitacionais: mais de 500 já estão morando nos Oiticica 1, Oiticica 2 e Alamedas do Pontal, no bairro do Benedito Bentes.

“A pasta da Habitação é muito importante tendo em vista o déficit habitacional da nossa cidade. Na orla lagunar, existe uma necessidade imensa por moradia já que é um ambiente insalubre, e bastante vulnerável. O prefeito JHC nos deu a missão de tocar a obra do Parque da Lagoa e oferecer às famílias da região uma nova condição de vida, com respeito e dignidade”, declarou o secretário municipal de Habitação, Eduardo Rossiter.

No Parque da Lagoa, os moradores terão acesso à água potável encanada, algo que boa parte das pessoas das comunidades Mundaú, Sururu, Peixe e Muvuca não têm acesso. Para isso, um reservatório com 36 metros de altura, que vai comportar 900 metros cúbicos de água, está em fase final de construção.

Além de promover a moradia, a comunidade local está empregada na construção do residencial. A obra conta com aproximadamente 450 funcionários, sendo 60% de trabalhadores nativos da orla lagunar.

A prefeitura também está cuidando de toda a orla lagunar. Por meio do projeto ‘Eu Amo a Lagoa’, a gestão está promovendo uma verdadeira inclusão social, jamais vista naquela região. Recentemente, foi liberada a Rua Aberta, um espaço de lazer e de convivência para a comunidade local. Outros trabalhos estão previstos, que inclui construção de quadras, recuperação de praças e outros serviços que estão mudando a realidade do Vergel.

Entre 2021 e 2022, a gestão do prefeito JHC, em parceria com o governo federal, entregou 1.980 apartamentos para maceioenses de baixa renda, distribuídos nos residenciais Vale Bentes 2, Oiticica 1, Oiticica 2 e Alamedas do Pontal.

SEMINFRA

Secretaria Municipal de Infraestrutura

Rua do Imperador, 307, Centro.
CEP 57023-060 // Telefone: (82) 3312-5350