Maceió lidera ranking nacional de capitais que mais agilizaram a abertura de empresas

Resultado é fruto do trabalho de desburocratização realizado pela Prefeitura de Maceió

Luís Otávio Mendonça/Ascom Semec 28/03/2022 às 15:40
Maceió lidera ranking nacional de capitais que mais agilizaram a abertura de empresas
Cenário de mudanças possibilita o surgimento de novos e diversificados negócios e mais empregos. Foto: Ascom Semec

Em 2021, Maceió se tornou a capital brasileira mais rápida para a abertura de negócios, de acordo com o levantamento ‘Mapa de Empresas’, feito pelo Governo Federal. Segundo o estudo, só no ano passado a capital alagoana realizou o cadastro de novas empresas dentro do tempo médio de 14 horas, 8 horas a menos do tempo registrado em 2020 e quase 7 horas a menos das demais capitais.

Esses dados refletem o modelo de desburocratização e da expansão do empreendedorismo seguido pela Secretaria Municipal de Economia (Semec). Para o secretário da pasta, João Felipe Borges, o destaque obtido pela capital coloca Maceió num caminho próspero economicamente.

“A retomada da economia em Maceió é um dos compromissos da gestão do prefeito JHC. Esse ranking revela o trabalho que vem sendo realizado pela Prefeitura e pelo comitê da RedeSim e, agora, a missão é tornar o processo de liberação ainda mais desburocratizado e acessível'' disse o secretário municipal de Economia, João Felipe, que também é presidente do Comitê Gestor da RedeSim Municipal.

Desburocratização

Além da liderança no tempo médio para criação de empresas, Maceió ainda obteve outros destaques no ranking. Hoje, a capital alagoana é a mais rápida do Nordeste no tempo de resposta das consultas prévias de viabilidade locacional, que é a etapa na qual o Município informa se aquela atividade pode ser exercida no local selecionado pelo empresário.

O titular da Semec no Comitê Gestor da RedeSim, Gilberto Meister, conta da satisfação com os resultados e destacou o trabalho contínuo, realizado pela Prefeitura e os membros do Comitê, em viabilizar as áreas de simplificação dos licenciamentos e melhorar o ambiente econômico em Maceió.

“A tendência é ampliar esse trabalho de desburocratização, identificando os problemas e as necessidades junto aos órgãos municipais, ao Sebrae, a Junta Comercial e demais parceiros’’, disse Gilberto Meister.

Novos negócios

Os dados levantados pela Rede Sim, sistema que facilita o registro e legalização de empresas, também revelam que Maceió bateu recorde no cadastro de novos empreendimentos no último ano. Foram mais de 22 mil novos negócios criados, o maior número registrado nos últimos cinco anos.

Número de novo negócios no Município foi o maior registrado nos últimos cindo anos. Foto: Matheus Alves
Número de novo negócios no Município foi o maior registrado nos últimos cindo anos. Foto: Matheus Alves

Entre os bairros da capital que mais receberam novas empresas ou empresas transferidas estão a Cidade Universitária (com 2968 empresas), Benedito Bentes (com 2218 empresas), Jatiúca (com 2124 empresas), Tabuleiro dos Martins (com 1969 empresas) e Jacintinho (com 1675  empresas) nas cinco primeiras colocações. Os bairros da Serraria, Clima Bom, Ponta Verde, Farol e Poço completam o ranking das dez regiões com mais empresas, registrando uma média de mil empreendimentos em cada um.

No levantamento por atividade econômica, os setores de comércio varejista, alimentação, serviços especializados para construção civil, comércio por atacado e educação foram os que mais se destacaram. Só o comércio varejista registrou mais de 17 mil empreendimentos na ativa até o fim de 2021.

Empresário do ramo de alimentação acredita que os investimento da Prefeitura no setor turistico tem trazidos bons resultados para a capital. Foto: Ascom Semec
Empresário do ramo de alimentação acredita que os investimento da Prefeitura no setor turistico tem trazidos bons resultados para a capital. Foto: Ascom Semec

Cenário próspero para a economia

Esse período de mudanças trazido pela nova gestão municipal é aprovado pela empresária, Micheline Galvão, proprietária de um restaurante no bairro Jatiúca. Ela conta que todo o processo de formalização da sua empresa foi feito de forma rápida e sem muita burocracia, um alívio para um setor que já enfrenta inúmeros dificuldades, principalmente, durante os primeiros meses de um novo negócio.

“Esse é o meu primeiro negócio e mesmo com os desafios que o empreendedorismo pode trazer, acredito que é um momento propício para a retomada da economia. A ajuda do poder público nessas horas, com a facilidade e acessibilidade nos aspectos burocráticos, é de suma importância’’, contou.

Ela ainda destaca que os investimentos realizados pela Prefeitura na cidade, especialmente para o turismo, tornam o cenário otimista para investir e gerir novos negócios.

“Nossa cidade é uma capital turística e essas transformações realizadas pela Prefeitura têm trazido excelentes resultados e um crescimento notório para o ramo. Esse tipo de visibilidade impacta e muito na economia local e na capacidade de receber novos clientes, de criar novos empreendimentos e gerar empregos’’, completou.

Maceió lidera ranking nacional de capitais que mais agilizaram a abertura de empresas
SEMEC

Secretaria Municipal de Economia

Rua Pedro Monteiro, 47 - Centro - Maceió/AL - CEP: 57020-380
Central de Atendimento ao Contribuinte: atendimento@semec.maceio.al.gov.br
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h (Somente com agendamento)