Primeira turma da CNH Social inicia curso de nivelamento

Prefeitura vai capacitar, a princípio, 350 maceioenses

Cícero Rogério/Ascom Semas 18/01/2022 às 08:30
Primeira turma da CNH Social inicia curso de nivelamento
Abertura da primeira turma da CNH Social. Fotos Barbara Wanderley/Secom Maceió

Ansiosos para iniciar o curso, 50 alunos que integram a primeira turma do Programa CNH Social tiveram as aulas de nivelamento na tarde desta segunda-feira (17) no Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte, o Sest/Senat, na Serraria, em Maceió. É lá que até o dia 18 de fevereiro, outras quatro turmas, formadas por 75 pessoas cada, vão participar, toda semana, da formação para tirar, sem nenhum custo, a primeira habilitação.

Os participantes escolheram entre as categorias moto e carro. Acesse aqui para conferir a relação dos aprovados para todas as cinco turmas de nivelamento do curso da CNH Social. Ao todo, neste primeiro momento, serão contemplados com o benefício 350 maceioenses.

Concentrado na sala de aula ao ouvir as orientações do professor, Luiz Felipe, de 21 anos, optou pela categoria carro. Ele é técnico em informática, mas trabalha como garçom e fotógrafo. Para o jovem, que pretende ser jornalista, a CNH Social é uma política pública que cria novas oportunidades de trabalho para os jovens como ele.

Luiz Felipe participa do curso de nivelamento. Foto: Ascom Semas
Luiz Felipe participa do curso de nivelamento. Foto: Ascom Semas

“Essa é uma oportunidade muito grande de inclusão social, que vai nos proporcionar emprego e renda e, para além do mais, conhecimento, porque além da habilitação, estamos participando de um curso de capacitação profissional”, conta Felipe.

A coordenadora do curso de nivelamento do Sest/Senat explica que oa participantes vão aprender sobre o sistema de transporte, logística, relacionamento interpessoal e o ambiente de trabalho. “Finalizando o curso de nivelamento, os alunos serão certificados e, a partir daí, terá, efetivamente, o início do Programa da CNH Social. Eles serão encaminhados para fazer os exames clínico, psicológico e, por fim, para a autoescola", pontua Yanna Crysley.

Professor Rubens Durval e coordenadora Yanna Crysley. Foto: Ascom Semas
Professor Rubens Durval e coordenadora Yanna Crysley. Foto: Ascom Semas

Yanna diz ainda que, na autoescola, os participantes vão continuar com a formação, sendo destinadas 40 horas de aulas teóricas. Após a conclusão, os alunos vão agendar a prova escrita. Os aprovados serão encaminhados para as aulas práticas no veículo, de acordo com a escolha individual de moto ou carro. Ao finalizar esta fase, os alunos vão agendar a avaliação prática.

“O programa da Prefeitura vai beneficiar muitas pessoas que precisam da habilitação para trabalhar e não têm como custear. O Sest/Senat entra como parceiro nesse sentido de movimentar e mudar a vida das pessoas e essa é uma oportunidade que a gente abraçou com muita garra, muita vontade. É uma parceria que está sendo fantástica”, enfatiza a coordenadora.

Curso de nivelamento ministrado pelo professor Rubens Durval. Foto: Ascom Semas
Curso de nivelamento ministrado pelo professor Rubens Durval. Foto: Ascom Semas

O professor do Sest/Senat, Rubens Durval, afirma que as aulas vão contribuir para qualificar a postura profissional dos participantes que vão estudar ainda a legislação de trânsito brasileira. “Quem está tirando a CNH pela primeira vez é um sonho, principalmente para aquelas pessoas que não têm tanta oportunidade”, diz.

Marília Barbosa participa de curso de nivelamento. Foto: Ascom Semas
Marília Barbosa participa de curso de nivelamento. Foto: Ascom Semas

A recepcionista Marília Barbosa, de 39 anos, confirma a fala do professor ao revelar que ter sido selecionada e participar do curso é um privilégio. “Estou realizando um sonho e, conquistando a CNH na categoria moto, eu posso correr atrás dos meus objetivos. A Prefeitura de Maceió está de parabéns, juntamente com Sest/Senat”, reconhece.

Adiel Alves participa de curso de nivelamento. Foto: Ascom Semas
Adiel Alves participa de curso de nivelamento. Foto: Ascom Semas

O estudante universitário Adiel Alves, de 19 anos, cursa engenharia química na Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Para ele, “oferecer a primeira CNH para as pessoas com renda baixa é um grande investimento da Prefeitura nos jovens". E confessa: "por isso, quero tirar bastante proveito do curso de qualificação e também da experiência de ter a minha primeira habilitação de carro. É uma expectativa muito grande".

SEMAS

Secretaria Municipal de Assistência Social

Avenida Comendador Leão, 1.383 - Poço
CEP 57025-000 // Telefone: (82) 3312-5900
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h