CadÚnico inscreve mais de 7 mil famílias no mês de abril em Maceió

Redação 05/05/2021 às 15:58
CadÚnico inscreve mais de 7 mil famílias no mês de abril em Maceió

No mês de abril, o Cadastro Único (Cadúnico) de Maceió realizou 7.216 novos cadastros de famílias. O serviço é a porta de entrada para os programas sociais do Governo Federal, pois identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, possibilitando o acesso de milhares de pessoas aos serviços da Assistência Social.

Em Maceió, 137.655 famílias estão inscritas no CadÚnico. Segundo o coordenador do serviço em Maceió, Diogo de Lima, o CadÚnico recebe, diariamente, cerca de 250 cadastros de demandas vindas dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Além do que é gerado no atendimento na sede, que somam, em média, 80 cadastros por dia, e de outras ações externas.

“No mês de abril, os Cras realizaram 4.096 cadastros, a sede do CadÚnico realizou 1.600, o Centro de Atendimento Sociassistencial (Casa) realizou 480 novas inscrições, e, em outras ações, foram cadastradas mais 1.040 famílias”, explicou o coordenador.

A diretora de Proteção Social Básica da Semas, Aline Pedrosa, falou sobre a importância do trabalho da equipe do CadÚnico, especialmente nesse momento de pandemia. “É, sem dúvidas, um momento onde as vulnerabilidades já existentes ficam ainda mais acentuadas. Nesse sentido, o Cadastro Único é um caminho muito importante para a garantia de direitos do cidadão”, afirmou.

Cadúnico dá acesso a vários serviços da Assistência Social. Foto:Rafa Chafer

Para se inscrever no CadÚnico, a família precisa ter renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou renda mensal total de até três salários mínimos. Atendendo a este perfil, é preciso que uma pessoa da família se responsabilize por prestar as informações de todos os membros para o entrevistador do CadÚnico. Esta pessoa – chamada de Responsável pela Unidade Familiar (RF) – deve ter, pelo menos, 16 anos e, preferencialmente, ser mulher. O Responsável Familiar faz a inscrição no CadÚnico, todos os dados apresentados são analisados e é emitido (num prazo de 15 a 30 dias) o Número de Identificação Social (NIS).

NIS dá acesso a programas sociais como o Bolsa Família. Foto: Ascom Semas

Para cada membro do grupo familiar é gerado um NIS. Com esse número, cada indivíduo poderá ter acesso aos diversos programas sociais. Por exemplo, jovens de baixa renda de Maceió, com idade entre 15 e 29 anos, inscritos no CadÚnico, têm direito à meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos, além de gratuidade em viagens interestaduais, por meio do Programa Identidade Jovem. O documento é emitido por meio de aplicativo no celular ou pela internet.

Também, com o NIS, é possível a isenção de taxas em concursos públicos. Além disso, o CadÚnico permite cota para a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

Ao se inscreverem no CadÚnico, as famílias podem ter acesso também a outros programas sociais como Bolsa Família, cursos para qualificação profissional, a Tarifa Social de Energia Elétrica, o Minha Casa Minha Vida, a Carteira do Idoso, o Benefício de Prestação Continuada (BPC), ID Jovem, Cartão de Passageiro Especial, entre outros.

Inscrições no CadÚnico

Para se inscrever no CadÚnico, é preciso apresentar originais e cópias dos seguintes documentos: comprovante de residência, Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor, Carteira de Trabalho, contra-cheque (caso possua), certidão de casamento ou divórcio, certidão de óbito (do integrante falecido) dos integrantes adultos da família, Certidão de Nascimento, Cartão de Vacina (para crianças de 0 a 7 anos), Declaração da Escola (para menores com idade entre 6 e 17 anos) e Declaração do Conselho Tutelar ou Termo de Guarda para os responsáveis dos menores, caso o pai ou mãe não integrem a família.

Atendimento na Semas

Nesse período de pandemia, o atendimento nas unidades da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) está sendo feito por agendamento. Na sede do CadÚnico, localizada no bairro da Serraria, os maceioenses poderão agendar seu atendimento presencial pelo 3312-5924, e pelos números de WhatsApp disponíveis: 98882-8257 e 98882-8212, no horário de 8h às 13h.

Nas unidades descentralizadas de atendimento do CadÚnico localizadas nos Cras e no Casa, o atendimento também é feito por agendamento.

Usuários deverão agendar atendimento presencial. Foto:Ascom Semas

Centro de Atendimento Socioassistencial (CASA) – 3312-5928

Sede do Cadastro Único – 3312-5924/98882-8257/98882-8212

Cras Área Lagunar – 3312 5945

Cras Bebedouro – 3312-5946

Cras Bela Vista – 3312 5947

Cras Bom Parto– 3312-5948

Cras Cacilda Sampaio – 3312-5949

Cras Cidade Sorriso – 3312-5950

Cras Clima Bom – 3312-5951

Cras Denisson Menezes – 3312-5952

Cras Dom Adelmo – 3312-5953

Cras Fernão Velho – 3312-5954

Cras Pitanguinha– 3312-5955

Cras Rio Novo – 3312-5956

Cras Santos Dumont – 3312-5957

Cras Selma Bandeira – 3312-5958

Cras Sônia Sampaio – 3312-5959

Cras Terezinha Normande – 3312-5960

Vanessa Napoleão/Ascom Semas

SEMAS

Secretaria Municipal de Assistência Social

Avenida Comendador Leão, 1.383 - Poço
CEP 57025-000 // Telefone: (82) 3312-5900
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h