Servidores da Educação têm momento de preparação para aposentadoria

Ação foi realizada em parceria com o Iprev e a Semge, nesta terça-feira (24), e teve o objetivo de esclarecer dúvidas; evento segue na quarta (25), com demais servidores

Jamerson Soares (estagiário)/Ascom Semed 24/05/2022 às 13:58
Servidores da Educação têm momento de preparação para aposentadoria
Encontro esclareceu dúvidas sobre aposentadoria de servidores da Educação. Foto: Karla Lima/Ascom Semed

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) promoveu, nesta terça-feira (24), um encontro para a preparação de servidores que têm perspectiva para aposentadoria nos próximos cinco anos. A ação, realizada em parceria com o Instituto da Previdência Social dos Servidores Públicos (Iprev) de Maceió e a Secretaria Municipal de Gestão (Semge), ocorreu no auditório Paulo Freire, localizado na sede da Semed, no Bom Parto.

O evento segue até esta quarta-feira (25), quando demais servidores da pasta, a exemplo de professores e técnicos serão contemplados com as orientações.

Os objetivos do evento foram sanar as dúvidas dos servidores, prepará-los com informações básicas sobre o processo de aposentadoria, pontuar quais documentações devem ser levadas para iniciar esse processo e ouvir suas demandas.

Estavam presentes mais de 50 pessoas no local, dentre elas, professores e gestores de escolas municipais das regiões administrativa I, II, III, V e VIII, e técnicos da Semed.

Frente de honra do evento contou com a participação do secretário municipal de Educação, Rogério Lima, além da equipe técnica dos órgãos envolvidos na ação. Foto: Karla Lima/Ascom Semed
Frente de honra do evento contou com a participação do secretário municipal de Educação, Rogério Lima, além da equipe técnica dos órgãos envolvidos na ação. Foto: Karla Lima/Ascom Semed

Além dos servidores, também participaram do evento o secretário de Educação de Maceió, Rogério Lima, a secretária adjunta, professora Emília Caldas; a coordenadora de Gestão de Pessoas, Edileuza Romão, a coordenadora de gestão documental do servidor, da Semge, Sônia Beserra; o diretor-presidente do Iprev, David Gomes; o técnico previdenciário do Iprev, Adler Pinheiro, entre outros.

Secretário de Educação, Rogério Lima, destacou importância do trabalho feito pelos servidores. Foto: Karla Lima/Ascom Semed
Secretário de Educação, Rogério Lima, destacou importância do trabalho feito pelos servidores. Foto: Karla Lima/Ascom Semed

O secretário de Educação de Maceió, Rogério Lima, destacou a importância do tempo de trabalho dos servidores da pasta e a nomeação dos novos concursados.

"Estamos dando todo o suporte para que vocês consigam fazer os requerimentos para a aposentadoria. Ficamos felizes e ao mesmo tempo triste porque muitos de vocês perderemos da sala de aula, mas estamos realizando novas nomeações de novos concursados da educação. 50 concursados de educação infantil de 2017 serão nomeados e mais 133 do 1º ao 5º ano. No que pudermos estaremos a disposição de vocês", informou.

Professora e secretária adjunta da Semed, Emília Caldas. Foto: Karla Lima/Ascom Semed
Professora e secretária adjunta da Semed, Emília Caldas. Foto: Karla Lima/Ascom Semed

A próxima fala ficou por conta da secretaria adjunta, Emília Caldas. Ela enfatizou o compromisso da secretaria com os professores e técnicos.

"Acho importante tanto a chegada do servidor numa casa quanto a sua saída. Vocês que estão na contagem regressiva para se aposentar, muitos ainda ficam com dúvidas e outros têm vários planos. Têm muitos servidores aqui que têm a história dedicada à educação e devem ser aplaudidos. Então, a aposentadoria não é um adeus, é um até logo porque de alguma forma vocês ficam ativos. Todos aqui têm uma valorosa trajetória", pontuou.

Técnico previdenciário do Iprev, Adler Pinheiro, esteve presente no evento e orientou servidores. Foto: Karla Lima/Ascom Semed
Técnico previdenciário do Iprev, Adler Pinheiro, esteve presente no evento e orientou servidores. Foto: Karla Lima/Ascom Semed

O Iprev vai até você

A ação faz parte do projeto O Iprev vai até você, que tem a finalidade de facilitar a preparação de servidores de órgãos públicos para o processo de aposentadoria. O técnico previdenciário, Adler Pinheiro, ressaltou que os critérios de idade de contribuição dos servidores varia e que é a partir dessa variação que a idade e o tempo são definidos.

"Tratamos no evento algumas regras sobre o início do processo de aposentadoria, a exemplo da redução de cinco anos. São requeridas as documentações pessoais do servidor e demais documentos referentes ao seus tempos de trabalho. Essa ação aproxima muito o Iprev do servidor, além de ajudar na celeridade do processo", explicou.

Adler também informou que, no caso do professor, é necessário que se comprove o tempo que esteve no cargo por meio de uma certidão do tempo de contribuição, além do histórico laboral no Município, identidade, CPF, comprovante de residência, dentre outros documentos.

Antes de apresentar esses documentos na sede do Iprev de Maceió, o servidor deve ir à Semge para solicitar a preparação da documentação. "O professor tem que comprovar esse tempo vigente", concluiu.

Diretor-presidente do Iprev de Maceió, David Gomes,  tirou dúvidas sobre aposentadoria. Foto: Karla Lima/Ascom Semed
Diretor-presidente do Iprev de Maceió, David Gomes, tirou dúvidas sobre aposentadoria. Foto: Karla Lima/Ascom Semed

O diretor-presidente do Iprev de Maceió, David Gomes, revelou que o encontro serviu para diminuir as angústias das dúvidas e as pressões no entorno do processo de aposentadoria.

"Esse programa que criamos na nossa gestão tem o objetivo de aproximar o instituto do servidor público e esclarecer as principais dúvidas, criando um ambiente de empatia entre os órgãos", frisou David.

Coordenadora de gestão documental do servidor da Semge, Sônia Regina Beserra, explicou processo de apoentadoria. Foto: Karla Lima/Ascom Semed
Coordenadora de gestão documental do servidor da Semge, Sônia Regina Beserra, explicou processo de apoentadoria. Foto: Karla Lima/Ascom Semed

O processo de aposentadoria vai além de uma simples orientação, ele também é regido e qualificado pela coordenadoria de gestão documental do servidor da Semge, que é por onde o servidor passa para preparar sua documentação. Para Sônia Regina Beserra, coordenadora do setor, o evento foi relevante porque o servidor saiu esclarecido sobre seu tempo de trabalho.

"O processo de aposentadoria inicia da Semge porque temos a guarda das pastas funcionais da Semed e é lá que preparamos toda a documentação, além das orientações. A gente tenta orientar e esclarecer o máximo de pontos possíveis para poder dar entrada no processo e essa ação pode ajudar e muito os servidores dos órgãos públicos", disse.

A aposentadoria que está logo ali

Joseana de Souza, 54 anos, está há 21 anos ensinando alunos da primeira etapa do Ensino Fundamental na Escola municipal Maria de Fátima Lira, no Benedito Bentes. Ela está contando o período que precisa para se aposentar.

"Tudo aquilo que durante o tempo que eu trabalho não foi possível, eu vou fazer. Por exemplo, dormir mais tarde pra no dia seguinte não acordar cedo, poder viajar sem ser em períodos de férias ou recesso, realizar corridas, poder aproveitar as baixas temporadas para cair no mundo, inúmeras coisas. Aposentado não é para ficar em casa", contou a professora.

Cheila Vasconcelos é técnica da Coordenadoria Geral do Ensino Fundamental da Semed. Foto: Karla Lima/Ascom Semed
Cheila Vasconcelos é técnica da Coordenadoria Geral do Ensino Fundamental da Semed. Foto: Karla Lima/Ascom Semed

A professora Cheila Vasconcelos, 55 anos, tem 27 anos na Educação e trabalha como técnica da Coordenadoria Geral do Ensino Fundamental da Semed. Para ela, essas reuniões são interessantes para situar os servidores e atender as suas necessidades.

"O olhar que eles estão tendo hoje e esse cuidado emocional que estão tendo com a gente é de fundamental importância. A gente precisa ter esse período de aposentadoria garantido e eu acho interessante essas reuniões", frisou a servidora.

IPREV

Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Maceió

Avenida Governador Afrânio Lages, 65, Farol.
CEP 57051-150 // Telefone: (82) 3312-5250