Prefeito JHC reúne movimentos sociais e reitera que habitação tem prioridade em Maceió

Prefeitura de Maceió já entregou mais de três mil imóveis e segue executando a construção de moradias com dignidade na capital

Sthefane Ferreira e Niviane Rodrigues / Secom Maceió 28/07/2022 às 14:25
Prefeito JHC reúne movimentos sociais e reitera que habitação tem prioridade em Maceió
Prefeito JHC dialogou com os movimentos sociais sobre as demandas de habitação. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

O prefeito de Maceió, JHC, se reuniu nesta quinta-feira (28), na Praça Dois Leões, em Jaraguá, com moradores e líderes de movimentos sociais para tratar sobre políticas de habitação. Na ocasião, o prefeito dialogou com as lideranças e disse que tem somado forças para resolver os problemas de habitação na capital. JHC afirmou também que tem trabalhado de maneira séria e rápida para que novos imóveis sejam entregues à população.

“Nós estamos trabalhando muito para construir novos apartamentos em Maceió. Existem muitas pessoas em situação de rua, cada uma com sua especificidade, e é por isso que nós trabalhamos de forma séria para vencer esse problema”, afirmou JHC.

O prefeito assegurou ainda que o diálogo se mantém aberto. “Quero sempre ter esse canal de diálogo com vocês, somando forças para resolver essa situação. Nós vamos criar um grupo de trabalho, que vai definir cronograma de ações para discutir a política de habitação em Maceió”, destacou o prefeito.

Em um ano e meio de gestão, já foram entregues 3.100 imóveis, abrigando 12.400 maceioenses em unidades habitacionais. A Prefeitura de Maceió mantém a construção de 3.660 apartamentos espalhados pela cidade. Além disso, está sendo estudada a criação do Conselho Municipal de Habitação Popular para discussão das demandas com representantes de órgãos municipais, federais e lideranças comunitárias.

Eliane Silva, coordenadora nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto do Brasil (MTST), afirma que a luta dos movimentos é pela moradia digna em Maceió.

“Estamos na luta pelo direito à cidade e moradia digna em Maceió. Solicitamos a criação de um grupo de trabalho e mediação de conflitos com os movimentos urbanos, com a participação das secretarias de Saúde, Assistência Social, Educação e Trabalho. Nosso intuito é avançar e ser uma cidade sustentável, satisfatória e participativa. Uma cidade inclusiva para toda a população de Maceió”, disse.

Grupo de trabalho - O secretário adjunto de Habitação, Carlos Jorge, destacou que o Município vai integrar os trabalhos com os programas habitacionais para cuidar deste público.

“Ainda existe uma demanda defasada da parte de cidadania e documentação, mas agora é preciso integrar as pastas para que juntos possamos dar continuidade aos serviços até o sonho da moradia digna. Então, vamos criar um grupo de trabalho para discutir a política da habitação e sobre o nosso déficit habitacional e aí vamos suprir as demandas conforme as entregas dos programas e novos programas habitacionais”, explicou o secretário.

Com relação à assistência social, todas as famílias que se enquadrem no perfil de renda para receber o Auxílio Brasil podem se inscrever no Cadastro Único, na sede do órgão em Maceió, no bairro da Serraria, ou nos 16 Centros de Referência da Assistência Social (Cras), por meio de agendamento pelo https://www.online.maceio.al.gov.br/semas/ ou pessoalmente nos mutirões que forem realizados pelo Município.

O Município também destaca que já possui o projeto de implantação de um Centro Pop e de uma unidade de acolhimento na parte alta da cidade, para serem instalados ainda este ano.

GP

Gabinete do Prefeito

Rua Sá e Albuquerque, Jaraguá, Nº 235, Jaraguá.
CEP: 57022-180 // Telefone: (82) 3312-5860