Castramóvel atua em bairros da parte alta garantindo controle da população de animais

Foram realizadas 42 castrações de felinos no Benedito Bentes e na Santa Lúcia

Wilson Smith/Ascom GGI Causa Animal 12/08/2022 às 14:57
Castramóvel atua em bairros da parte alta garantindo controle da população de animais
Equipe do Gabinete da Causa Animal com a comunidade do Benedito Bentes. Foto: Ascom GGI-CA

O Gabinete de Gestão Integrada de Políticas Públicas para Causa Animal (GGI-CA) esteve nesta sexta-feira (12) na Santa Lúcia para assegurar castrações dos animais de uma protetora independente. Nos dias 10 e 11 de agosto, os trabalhos se concentraram no bairro Benedito Bentes. Lá foi prestada assistência a um grupo de animais comunitários que são cuidados por moradores do Condomínio Recanto das Estrelas. Ao todo, a equipe do Castramóvel da Prefeitura de Maceió, garantiu a castração de 42 felinos nos três dias de atendimento. 

A solicitação para as castrações dos gatos chegou através de uma solicitação via central de atendimento, pois os moradores se reúnem para garantir alimentação, água e medicação para animais abandonados que transitam na região. Esses animais que estabelecem com a comunidade em que vivem laços de dependência e manutenção e que não possuem um responsável único e definido, são denominados animais comunitários. 

O síndico, Rubens Alves, falou sobre a visita da equipe do Gabinete da Causa Animal com o Castramóvel ao condomínio. 

“Aqui na região, infelizmente, existe muito abandono de animais, mas nós do condomínio fazemos o que pudemos para cuidar deles, dando alimentação, remédios e tentando encaminhar para adoção. A assistência da equipe do Castramóvel da Prefeitura de Maceió foi excelente, conseguimos castrar muitos animais e com a castração garantida fica mais fácil de conseguir adoções”, contou o síndico. 

Médica veterinária Larissa Rocha do Gabinete da Causa Animal. Foto: Ascom GGI-CA
Médica veterinária Larissa Rocha do Gabinete da Causa Animal. Foto: Ascom GGI-CA

A médica veterinária, Larissa Rocha, que esteve presente na ação relatou sobre as cirurgias realizadas. 

“A ação foi muito importante para fazer o controle populacional destes animais, já que eles convivem muito bem com os moradores do condomínio. Os moradores participaram ativamente da ação, ajudando na captura e contenção dos animais. Na Santa Lúcia foram asseguradas as castrações de 9 fêmeas, todos os animais foram castrados e microchipados”, contou a veterinária.  

A coordenadora do Gabinete da Causa Animal, Fernanda Rodrigues, falou sobre a importância de realizar a castração dos animais comunitários. 

“A castração traz inúmeros benefícios para a saúde do animal, além de evitar ninhadas indesejadas e consequentemente o abandono. Diante da situação encontrada ficamos felizes em ver um exemplo de comunidade mobilizada, assegurando os cuidados e acolhimento dos animais. O Gabinete é sensível às demandas que envolvem animais comunitários, e para conseguirmos cuidar destes, precisamos dessa parceria entre a comunidade e o poder público”, relatou a coordenadora. 

Os protetores independentes com mais de 10 animais e/ou grupos de protetores que acolhem animais comunitários podem entrar em contato pela central de atendimento através do WhatsApp 82 98752-6505.

É necessário ser pessoa física, de baixa renda comprovada e que acolha e/ou dê proteção a mais de 10 animais. Sendo de total responsabilidade desses protetores seguir as recomendações da equipe veterinária no pré e pós-operatório.

GGI-CA

Gabinete de Gestão Integrada de Políticas Públicas para Causa Animal

Rua Sá e Albuquerque, 235 - Jaraguá, Maceió - AL
CEP 57022-180 // Telefone: 82 98752.6505
E-mail: ggicausaanimal@maceio.al.gov.br
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h