Castramóvel atende protetores independentes de Fernão Velho

Gabinete da Causa Animal assegura 52 castrações de protetores independentes de Fernão Velho

Wilson Smith/Ascom GGI Causa Animal 20/05/2022 às 14:42
Castramóvel atende protetores independentes de Fernão Velho
Equipe do Gabinete da Causa Animal reunida para ação no bairro Fernão Velho. Foto: Ascom GGI Causa Animal

O Gabinete de Gestão Integrada de Políticas Públicas para Causa Animal (GGI-CA) esteve nesta quinta-feira e sexta-feira, 19 e 20 de maio, no bairro Fernão Velho. A equipe do Castramóvel da Prefeitura de Maceió assistiu aos animais das protetoras independentes Girlene da Silva e Tânia Maria, ambas acolheram em suas residências pets que foram abandonados na região.

O Castramóvel possui uma programação anual com um itinerário que irá contemplar todos os bairros do Município. No entanto, houve um grande fluxo de demanda na Central de Atendimento do Gabinete, com chamados da população que possui mais de 10 animais. Diante desse contexto, a coordenação tem registrado esses contatos e realizado o levantamento desses protetores independentes para atender paralelamente ao fluxo já pré-estabelecido do Castramóvel.

A coordenadora do GGI-CA, Marcella Soares, esteve presente nos dois dias da ação, acompanhando a equipe e entrando em contato com os protetores independentes. Ela explicou sobre a importância da ação.

“Além de atender aos bairros dentro da programação anual do Castramóvel, estamos estendendo o programa de castração e outros serviços para os protetores independentes que possuem mais de 10 animais e enfrentam muitas dificuldades para manter a saúde e bem-estar dos cães e gatos. O Gabinete quer estar cada vez mais próximo da população para entender as demandas e atender suas reais necessidades”, explicou Marcella Soares.

A Coordenadora também reforçou que o Programa de Esterilização de Cães e Gatos da Prefeitura trabalha de forma eficiente e dentro de todas as regulamentações vigentes para o seu funcionamento.  Os animais das protetoras de Fernão Velho foram assegurados com a castração, vacinação antirrábica e consultas eletivas. Também foram desenvolvidas ações educativas, fundamentais para conscientização da população sobre a importância da causa animal.

A médica-veterinária e responsável técnica do Castramóvel, Maria Clara Carlos, fez uma avaliação sobre as castrações realizadas em Fernão Velho.

“A equipe veterinária do Castramóvel assistiu duas protetores independentes de Fernão Velho. Nos dois dias de atendimento, foram avaliados e submetidos à cirurgia de castração 52 animais, sendo 25 machos e 27 fêmeas, que receberam medicação de amplo espectro e as tutoras ficaram cientes de  todas as orientações de como proceder no pós-cirúrgico dos felinos”, explicou Maria Clara.

A Veterinária também contou que foram passadas recomendações sobre a administração alimentar para animais castrados e alguns cuidados básicos de manejo ambiental e sanitário, como quantidade correta de caixas de areia, bebedouros e comedouros, além de informações sobre a vermifugação, que deve ser feita em todos de uma só vez, segundo a profissional.

A dona de casa Girlene da Silva, moradora de Fernão Velho, que teve 29 animais atendidos na ação falou sobre a importância da visita da equipe municipal.

“Eu dou comida, cuido, faço tudo que posso pelos animais. Via muitos cachorros e gatos abandonados aqui na rua e não consigo deixar eles jogados com fome, dou um jeito e alimento. Quando minha vizinha me disse que o pessoal da Prefeitura vinha aqui, eu senti muita alegria, estou muito agradecida, deu tudo certo Graças a Deus e vocês castraram meus animais”, explicou a protetora.

O Gabinete da Causa Animal, no exercício das suas funções, irá continuar com o fluxo de atendimentos do Castramóvel, visando a ampliação dos serviços, pois as castrações evitam as ninhadas indesejadas e o abandono dos animais. Além disso, é fundamental para a não proliferação de doenças zoonóticas, contribuindo para a saúde dos pets e dos seres humanos.

O que são Protetores Independentes

Entende-se por protetor independente, a pessoa física que seja tutora de no mínimo 10 animais, sendo responsável pelo abrigamento em condições sanitárias ideais, e que preze pela saúde e bem-estar dos animais.

Para ser contemplado pelo programa de castração para protetores independentes

A pessoa física, de baixa renda comprovada e que acolhe mais de 10 animais em casa. Os interessados podem entrar em contato com a equipe do Gabinete da Causa Animal através da central no WhatsApp: 82 98752-6505.

GGI-CA

Gabinete de Gestão Integrada de Políticas Públicas para Causa Animal

Rua Sá e Albuquerque, 235 - Jaraguá, Maceió - AL
CEP 57022-180 // Telefone: 82 98752.6505
E-mail: ggicausaanimal@maceio.al.gov.br
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h