Prefeito JHC lança campanha Março Lilás e destaca as políticas públicas em defesa das mulheres

Em março também haverá diversos lançamentos e ações em homenagem ao mês da mulher

Sthefane Ferreira e Niviane Rodrigues / Secom Maceió 07/03/2022 às 14:10
Prefeito JHC lança campanha Março Lilás e destaca as políticas públicas em defesa das mulheres
Prefeito JHC destacou a iniciativa do Município em garantir porcentagem das moradias para mulheres vítimas de violência. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió

Com o tema ‘Bem me cuido, bem me quero’, o prefeito de Maceió, JHC, lançou nesta segunda-feira (7), a campanha do Março Lilás, mês de prevenção do câncer do colo do útero e também comemorado o Dia Internacional da Mulher. Durante todo o mês serão realizadas diversas ações para garantir mais proteção, dignidade, empoderamento, acessibilidade e saúde às mulheres.

“Desde o início da nossa gestão, tem sido um marco as políticas públicas em defesa das mulheres. Recentemente assinamos o decreto que garante 5% das moradias para as mulheres vítimas de violência. Teremos uma equipe permanente na Casa da Mulher, que foi capacitada para acompanhar as mulheres com medidas protetivas. E durante todo esse mês estaremos divulgando muitas ações para trazer mais dignidade e desenhar ainda mais políticas públicas da melhor maneira possível para as maceioenses”, discursou o gestor.

A campanha traz ações voltadas à saúde da mulher durante todo o mês, buscando conscientizar a população sobre prevenção e diagnóstico precoce do colo de útero. A ação é fruto de parceria da Secretaria de Saúde com o Gabinete de Políticas Públicas para as Mulheres, que durante o Março Lilás, vai realizar atividades que envolvem promoção da autoestima, saúde, capacitação, cultura e entretenimento.

Durante a solenidade, o prefeito JHC homenageou a secretária de Saúde, Célia Fernandes. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió
Durante a solenidade, o prefeito JHC homenageou a secretária de Saúde, Célia Fernandes. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió

Além disso, o intuito da campanha é promover busca ativa de mulheres na faixa etária de 25 a 64 anos para o diagnóstico precoce do câncer de colo uterino. A programação do Março Lilás também inclui atividades de sensibilização de usuários dos serviços municipais de saúde, qualificação de servidores e profissionais de saúde, feiras de serviços e assistência, dentre outras ações, como explicou a secretária de Saúde, Célia Fernandes.

“É com muita alegria que a Secretaria de Saúde está vivendo esse mês, que é um mês consagrado como o mês da mulher. Essas ações só vão trazer grandes melhorias na saúde com a prevenção do câncer de colo de útero. Fazemos os exames de prevenção nas Unidades de Saúde, e a busca ativa do público faremos durante todo este mês”, explicou. 

“Direitos alcançados” – A coordenadora do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres, Ana Paula Mendes, falou da importância do Dia Internacional da Mulher e do Março Lilás. De acordo com ela, o mês será marcado por ações, de muito trabalho, mas de transformação na vida das mulheres maceioenses.

“Amanhã é o Dia Internacional da Mulher, é dia de exaltar e comemorar todos os direitos alcançados por nós mulheres, e que muitas de nós tiveram que morrer, tiveram de ter seu sangue derramado, para que possamos ter liberdade, oportunidade de votar e inúmeros direitos conquistados. Esse é um mês para cobrarmos ainda mais igualdade, ainda temos muitas lutas para defender todos os dias”, expôs.

Ana Paula Mendes, do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres, ressaltou o avanço da gestão nas políticas em defesa das mulheres. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió
Ana Paula Mendes, do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres, ressaltou o avanço da gestão nas políticas em defesa das mulheres. Foto: Edvan Ferreira / Secom Maceió

Durante a solenidade, a Secretaria de Saúde homenageou todas as servidoras do Município. Escolhida para representar as profissionais, Maria Nazaré Batista, que trabalha na Secretaria há 17 anos, contou da felicidade em ser homenageada.  “Sempre me dediquei bastante, mas nunca pensei que um dia seria reconhecida. Sou uma pessoa que sempre fico nos bastidores. Fico muito feliz com a homenagem, porque é um marco importante aqui na Saúde”, disse.

Causas do câncer de colo uterino – Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o fator de risco mais importante para o câncer de colo do útero é a infecção pelo papilomavírus humano (HPV), que pode ser prevenido por vacina disponível na rede pública de saúde, especialmente o HPV-16 e o HPV-18, responsáveis por cerca de 70% dos cânceres cervicais.

No Brasil, excluídos os tumores de pele não melanoma, o câncer do colo do útero é o terceiro tipo em prevalência na população feminina, com taxa estimada de 15,38 casos/100 mil, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer.

Para prevenir a infecção por HPV, e consequentemente o câncer de colo de útero, o Programa Nacional de Imunização disponibiliza a vacina contra HPV na rede pública de saúde para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

Campanha Março Lilás terá ações e políticas públicas em defesa das mulheres
Gabinete da Mulher

Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres

Rua Sá e Albuquerque, 235, Jaraguá, Maceió/AL CEP 57022-180
Telefone: (82) 98746-9717
E-mail: secretariadamulhermaceio@gmail.com