Prefeitura de Maceióhttps://maceio.al.gov.br/pt-BRTue, 16 Apr 2024 11:30:15 -0300Tue, 16 Apr 2024 11:30:15 -0300Vândalos danificam lixeiras subterrâneas da orla da Pajuçarahttps://maceio.al.gov.br/noticias/alurb/vandalos-danificam-lixeiras-subterraneas-da-orla-da-pajucaraTue, 16 Apr 2024 10:28:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/alurb/vandalos-danificam-lixeiras-subterraneas-da-orla-da-pajucaraInstaladas em fevereiro deste ano pela Prefeitura de Maceió, as lixeiras subterrâneas do calçadão da Avenida Dr. Antônio Gouveia, na Pajuçara, responsáveis pela coleta de de lixo orgânico, reciclável e rejeitos, sofreram vandalismo por parte da população. O fato foi registrado pelos garis da Autarquia Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Limpeza Urbana (Alurb), responsáveis pelo recolhimento.

Alguns equipamentos tiveram suas tampas arrancadas, prejudicando o funcionamento mecânico das lixeiras, uma vez que são eletrônicas e as águas pluviais as prejudicam. Ademais, a tentativa de forçar a entrada de uma cadeira no interior da lixeira também foi relatada pelas equipes da Alurb.

Equipamentos tiveram as tampas arrancadas, prejudicando o funcionamento do mecanismo interno. Foto: Crystália Tavares/Ascom Alurb
Equipamentos tiveram as tampas arrancadas, prejudicando o funcionamento do mecanismo interno. Foto: Crystália Tavares/Ascom Alurb

Kedyna Tavares, diretora-executiva, pede a colaboração dos cidadãos nos cuidados com a capital.

"Não é a primeira vez que registramos casos de vandalismos em equipamentos nossos, acontece também com os PEVs. A gente pede que a população cuide junto conosco, pois se trata de dinheiro público sendo desperdiçado, quando na verdade deveria ser economizado, tendo em vista que a lixeira evita que o lixo seja arrastado pelas chuvas e melhora a estética das regiões", disse.

A coleta mecanizada de resíduos sólidos comuns utiliza o Sistema de Contentores Subterrâneos (SCS), sendo uma tecnologia amplamente utilizada na Europa e ainda pouco implementada no Brasil. Consiste no armazenamento de resíduos abaixo do nível do solo, tornando a cidade esteticamente mais bonita, sem lixeiras cheias, transbordando de lixos.

"Não queremos que esse fato se repita. Então, se preciso, iremos buscar as autoridades e as medidas cabíveis a fim de evitar os gastos extras, que poderiam ser investidos em outras tecnologias", completou a diretora.

Registro da ocorrência. Foto: Crystália Tavares/Ascom Alurb
Registro da ocorrência. Foto: Crystália Tavares/Ascom Alurb
]]>
Abril Laranja reforça ações da Saúde no combate à violência contra os animaishttps://maceio.al.gov.br/noticias/sms/abril-laranja-reforca-acoes-da-saude-no-combate-a-violencia-contra-os-animaisTue, 16 Apr 2024 10:26:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/sms/abril-laranja-reforca-acoes-da-saude-no-combate-a-violencia-contra-os-animaisCom o objetivo de prevenir e conscientizar a população sobre o seu papel de combater veementemente maus-tratos contra os animais, a equipe Multiprofissional da Atenção Primária (eMulti) da Secretaria de Saúde de Maceió está reforçando durante todo este mês a campanha nacional Abril Laranja – mês de prevenção contra a crueldade animal.

Na capital alagoana, a campanha tem sido abordada pela eMulti através da ação “Amo Meu Pet!”, na qual diversas palestras educativas estão sendo realizadas para os usuários nas “salas de espera” das Unidades de Saúde Sério Quintela (Santa Lúcia), Aliomar Lins (Benedito Bentes) e CAIC Benedito Bentes, por meio da eMulti estratégia 8.  

As palestras estão sendo ministradas pelo médico veterinário da eMulti, Lindomar Machado, que aborda diferentes temas relacionados à saúde e proteção dos animais.

“Durante as ações, falamos sobre a importância das castrações de cães e gatos como uma medida de controle reprodutivo e prevenção contra câncer de mamas e do aparelho reprodutivo destes animais, bem como a necessidade de vacinar e vermifugar os pets. E ainda ressaltamos sobre a posse responsável de animais e as consequências à saúde dos cães, gatos e humanos, caso não seja realizado um cuidado adequado aos pets. Além das consequências criminais, a quem mal trata seus animais e retira do seu hábitat natural animais silvestres”, afirmou.

Maus-tratos aos animais é crime

A legislação que fala dos maus-tratos aos animais é relativamente antiga. Sob o número 9.605, ela foi publicada originalmente em 12 de fevereiro de 1998, e faz parte da Lei de Crimes Ambientais.

Maus-tratos aos animais é crime! Isso está no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais. A mesma que criminaliza, “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados”.

Atualmente, a pena prevista na lei de maus-tratos aos animais é de 3 meses a 1 ano de detenção, além de multa.

]]>
Emoção marca sorteio de apartamentos do Residencial Parque da Lagoahttps://maceio.al.gov.br/noticias/semhab/emocao-marca-sorteio-de-apartamentos-do-residencial-parque-da-lagoaMon, 15 Apr 2024 18:05:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/semhab/emocao-marca-sorteio-de-apartamentos-do-residencial-parque-da-lagoaEm meio a gritos de alegria misturados com lágrimas de emoção, a Prefeitura de Maceió e a Caixa Econômica Federal (CEF) sortearam, nesta segunda-feira (15), 324 unidades habitacionais do Residencial Parque da Lagoa, construído no bairro Vergel do Lago. A população acompanhou com bastante ansiedade o tão aguardado sorteio, que foi transmitido em tempo real em um telão montado no Papódromo.

Foram contemplados moradores que ainda vivem em comunidades às margens da Lagoa Mundaú, e que estavam cadastrados na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Habitacional (Semhab).

Os apartamentos estão 100% concluídos. Cada um possui 45 metros quadrados, distribuídos em cinco cômodos: sala, banheiro, área de serviço e dois quartos. Todos possuem acabamentos em cerâmica e acesso à água potável encanada, algo que boa parte das pessoas das comunidades Mundaú, Sururu, Peixe e Muvuca não tinham até então.

Moradores de comunidades no Vergel aguardavam sorteio com muita expectativa. Foto: Alisson Frazão/ Secom Maceió
Moradores de comunidades no Vergel aguardavam sorteio com muita expectativa. Foto: Alisson Frazão/ Secom Maceió

“Eu pedi muito a Deus que saísse o meu nome hoje. E, agora, eu dou um grito de vitória por esta bênção. Quero muito agradecer a Deus, primeiramente, e, depois, ao nosso prefeito e à Caixa. Moro aqui na beira da lagoa e agora vou mudar de vida”, disse a dona de casa Amanda Luiza Andrade, que soltou um grito ao ter o nome anunciado no sorteio.

Antônio Marcos de Albuquerque não escondeu a emoção ao ser contemplado. Foto: Itawi Albuquerque/ Secom Maceió
Antônio Marcos de Albuquerque não escondeu a emoção ao ser contemplado. Foto: Itawi Albuquerque/ Secom Maceió

Para o pescador Antônio Marcos de Albuquerque, 45 anos, a tarde desta segunda-feira ficará marcada para sempre na memória. Ao ver o nome no telão, ele saiu correndo em meio aos espectadores do evento e se ajoelhou na terra batida, erguendo as mãos ao céu em agradecimento pela conquista. A emoção dele contagiou o público presente.

“Ganhei a minha casa. Glória a Deus! Esperava por este momento desde 2019, com muita ansiedade, quando fiz o cadastro, para viver dignamente com a minha filha. Meu barraco foi derrubado pela enchente e precisou ser reconstruído. Só tenho a agradecer por esta tão grande bênção que recebi”, repetia o contemplado.

Outra beneficiada que se destacava em meio à multidão, pela felicidade em realizar o sonho da casa própria, foi a doméstica Maria Berenice de Lima, 45 anos. Ela não parava de saltar e de comemorar a realização do grande sonho em ter conquistado um lugar novinho para morar.

Maria Berenice de Lima, 45 anos, deu saltos de alegria quando foi sorteada. Foto: Alisson Frazão/ Secom Maceió
Maria Berenice de Lima, 45 anos, deu saltos de alegria quando foi sorteada. Foto: Alisson Frazão/ Secom Maceió

“A emoção é muito grande que não tenho como segurar. Vou sair do aluguel, minha gente! Chegar até aqui foi uma luta. Batalhei muito, mas não chegava. Deus é maravilhoso e bom. Deus existe. Agora, vou me mudar para a minha nova casa e montar o próprio negócio”, expôs, ainda maravilhada.

O Residencial Parque da Lagoa está orçado em R$ 200 milhões, erguido com recursos do Governo Federal e contrapartida da Prefeitura de Maceió. Ao todo, são 1.776 apartamentos para abrigar mais de sete mil moradores da orla lagunar. Até o momento, foram entregues 161 unidades habitacionais.

Os beneficiários passarão a residir no empreendimento logo após a assinatura do contrato junto à Caixa Econômica Federal. A data ainda será agendada pela instituição financeira, após superada a fase burocrática e de instalações elétricas e de água pelas concessionárias dos serviços.

Além de promover a moradia, a comunidade local foi empregada na construção do residencial. A obra já chegou a contratar, aproximadamente, 450 funcionários, sendo 60% trabalhadores que moram na orla lagunar.

Marco histórico

Considerado um marco histórico para a capital alagoana, o investimento em habitação social assegura dignidade para as pessoas que antes moravam em barracos improvisados às margens da lagoa Mundaú. Maceió avançou na política habitacional desde 2021. Já foram entregues, pela prefeitura, 3.964 unidades habitacionais em três anos.

]]>
Representantes da Prefeitura de Maceió aprendem sobre uso de IA no serviço públicohttps://maceio.al.gov.br/noticias/sedciti/representantes-da-prefeitura-de-maceio-aprendem-sobre-uso-de-ia-no-servico-publicoMon, 15 Apr 2024 17:31:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/sedciti/representantes-da-prefeitura-de-maceio-aprendem-sobre-uso-de-ia-no-servico-publicoO subsecretário de Estratégias Disruptivas, Ciência, Tecnologia e Inovação de Maceió, Emanuel Valença, e os servidores Waldgelson Santiago e Davi Hora participaram do Smart Gov Nordeste, evento que teve como principal objetivo discutir o uso da Inteligência Artificial (IA) no serviços público. O encontro, que reuniu representantes de mais de 40 cidades brasileiras, aconteceu nos dias 10 e 11 de abril, em Aracaju, Sergipe.

De acordo com o subsecretário Emanuel Valença, a participação no encontro reflete o compromisso do prefeito JHC de alavancar a tecnologia e a inovação em Maceió, ressaltando que o uso de IA é uma realidade inegável e vital para os municípios brasileiros.

“Buscamos o compromisso com a modernização e a eficiência na administração pública municipal, mas nossa participação também reflete a determinação em abraçar as oportunidades que a IA e outras tecnologias emergentes oferecem para aprimorar os serviços públicos”, enfatizou.

Emanuel Valença refletiu sobre as oportunidades que a Inteligência Artificial trará a Maceió. Foto: arquivo pessoal.
Emanuel Valença refletiu sobre as oportunidades que a Inteligência Artificial trará a Maceió. Foto: arquivo pessoal.

O subsecretário destacou, ainda, a necessidade de estabelecer parcerias estratégias e trocar boas práticas com outros líderes municipais e especialistas em tecnologia. “Acreditamos firmemente que essa colaboração é fundamental para impulsionar o desenvolvimento de soluções inteligentes e eficazes que atendam às necessidades da nossa comunidade”, pontuou Emanuel Valença.

O Smart Gov Nordeste é promovido pela Associação Nacional das Cidades Inteligentes, Tecnológicas e Inovadoras (Anciti) e já está em sua nona edição. O evento reúne municípios para ajudar a transformar o ecossistema de inovação das cidades brasileiras, antecipando o futuro na prestação de serviços e atendimento às demandas dos cidadãos.

]]>
Educação publica edital de credenciamento de agricultores familiareshttps://maceio.al.gov.br/noticias/semed/educacao-publica-edital-de-credenciamento-de-agricultores-familiaresMon, 15 Apr 2024 16:28:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/semed/educacao-publica-edital-de-credenciamento-de-agricultores-familiaresA Secretaria Municipal de Educação (Semed) divulgou, no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (15), o edital de credenciamento para os interessados em fornecer gêneros alimentícios da agricultura familiar à rede pública de ensino.

A primeira sessão pública, onde será realizada a abertura dos envelopes, acontece no dia 7 de maio de 2024, às 9h30, na sala da Coordenação Técnica de Nutrição e Segurança Alimentar, situada na sede da Semed, na Rua General Hermes, 1199, na Cambona.

Já a segunda sessão pública será realizada no dia 10 de maio, às 9h30, também na sede da Secretaria de Educação, para divulgar os resultados.

Os interessados podem tirar dúvidas na Coordenação Técnica de Nutrição e Segurança Alimentar, ou pelo e–mail: chamadapublica@semed.maceio.al.gov.br, no horário das 8h às 14h.

Ana Denise Gouvêa, coordenadora Técnica de Nutrição e Segurança Alimentar e Responsável Técnica pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) na Semed, explicou que a inclusão da agricultura familiar no cardápio dos alunos tem o objetivo de fornecer alimentos nutritivos e seguros, cultivados sem o uso de agrotóxicos.

“Esse cuidado garante a preservação das qualidades nutricionais dos alimentos, beneficiando diretamente a saúde dos estudantes, pois eles consomem produtos frescos, colhidos pouco tempo antes do consumo. Além disso, ao priorizar a agricultura local, apoiamos os produtores rurais do nosso estado, fortalecendo a economia local”, afirmou.

Ana Denise reforçou, ainda, que a abordagem não apenas melhora a qualidade da alimentação nas escolas, mas também promove um ciclo sustentável de produção e consumo, conectando os alunos com a origem de seus alimentos e incentivando práticas agrícolas responsáveis.

]]>
Primeira creche Gigantinhos abre as portas para 1.200 crianças da parte alta de Maceióhttps://maceio.al.gov.br/noticias/semed/primeira-creche-gigantinhos-abre-as-portas-para-1-200-criancas-da-parte-alta-de-maceioMon, 15 Apr 2024 16:25:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/semed/primeira-creche-gigantinhos-abre-as-portas-para-1-200-criancas-da-parte-alta-de-maceioA Creche Professora Maria Elizabete dos Santos, no bairro Santos Dumont, que faz parte do Programa Gigantinhos, teve nesta segunda-feira (15), seu primeiro dia de aula. A unidade de ensino atende a 1.200 crianças de 6 meses a 5 anos, que passam a ter educação pública de qualidade em tempo integral.

O novo equipamento público de educação proporciona para as crianças um local adequado para estudar, o que permite que os pais trabalhem com tranquilidade sabendo que os filhos estão sendo bem assistidos.

Este ano, a Prefeitura de Maceió vai oferecer mais 10 mil novas vagas em creches, todas em regime de tempo integral. Esta modalidade de ensino tem impactos positivos no desenvolvimento das crianças, tanto em termos pedagógicos, na relação ensino-aprendizagem, quanto sociais.

Larissa Silva, mãe da Rosa Valentina, 2 anos, é vendedora, mas estava sem trabalhar desde que a filha nasceu por não ter com quem deixá-la.  "Agora tenho um lugar para deixar minha filha, em tempo integral, e já estou esperando resposta sobre um trabalho. O que a prefeitura fez será essencial para que eu volte a trabalhar", comemorou.

Sobre a creche

A creche dispõe de berçários, cozinha, brinquedoteca, pátio externo e playground. Além disso, um cardápio variado com seis refeições diárias está disponível, garantindo alimentação adequada para os pequenos, incluindo café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde, janta e ceia.

Para trabalhar na creche foram recrutados 166 profissionais, incluindo educadores, auxiliares, cozinheiros e coordenadores pedagógicos.

A abertura das creches não é um evento isolado, mas parte de um esforço maior da Prefeitura de Maceió para melhorar a qualidade da educação pública em toda a rede municipal de ensino da capital.

Um investimento significativo foi feito na climatização das escolas, com mais de R$ 22 milhões destinados a projetos de requalificação da rede elétrica. Até o momento, 11 unidades educacionais já foram climatizadas, oferecendo um ambiente mais propício ao aprendizado.

O Gigantinhos representa um investimento significativo na educação pública da capital alagoana. Foram investidos R$ 165 milhões e na assinatura da ordem de serviço para a construção de 10 creches para 3.200 alunos.

]]>
Obra do primeiro trecho da ciclovia da Durval de Góes Monteiro está em conclusãohttps://maceio.al.gov.br/noticias/seminfra/obra-do-primeiro-trecho-da-ciclovia-da-durval-de-goes-monteiro-esta-em-conclusaoMon, 15 Apr 2024 16:00:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/seminfra/obra-do-primeiro-trecho-da-ciclovia-da-durval-de-goes-monteiro-esta-em-conclusaoA população de Maceió está muito próxima de ganhar mais 2 km de ciclovia na Avenida Durval de Góes Monteiro, importante via de tráfego de veículos da capital alagoana. Com as obras avançadas, o serviço de concretagem no primeiro trecho já chega a 99% de execução. A nova etapa será somada aos quase 5 km de ciclovia já entregues na Avenida Fernandes Lima, no bairro Farol.

Com a evolução dos trabalhos, aqueles que utilizam a bicicleta como meio de locomoção, logo poderão trafegar com mais segurança no trecho entre a Facima, no Canaã, e a Tupan, no bairro Petrópolis. Ao todo, com a conclusão da obra, serão mais de 7 km de um espaço exclusivo para o tráfego de ciclistas, com início na Praça Centenário, no Farol.

“É mais uma forma de dar mais dignidade à população”, disse o secretário de Infraestrutura, Lívio Lima. “Com a construção das ciclovias, nós conseguimos levar mais segurança para aquele trabalhador que se desloca todos os dias de bicicleta e que precisava disputar espaço com os veículos na via”, concluiu.

O novo trecho de ciclovia da Durval de Góes Monteiro contará, também, com pontos de proteção em madeira, assim como o que já foi realizado na Fernandes Lima, com o objetivo de preservar as raízes das árvores existentes no canteiro central da via, com uma elevação adequada. A iniciativa também permitiu a recuperação da drenagem existente abaixo da ciclovia. Além disso, ela vai ter sinalização completa – vertical e horizontal.

A obra faz parte do pacote de serviços que estão sendo levados para a Avenida Durval de Góes Monteiro, que está sendo ampliada com mais duas faixas de rolamento, tanto no sentido Centro quanto em direção ao Aeroporto.

Além disso, a via recebe pavimentação asfáltica e conta também com a implantação de drenagem, nova iluminação pública, novo sistema de eletricidade e calçadas padronizadas com acessibilidade.

]]>
Restaurante Popular do Tabuleiro já serviu mais de 100 mil refeiçõeshttps://maceio.al.gov.br/noticias/semdes/restaurante-popular-do-tabuleiro-ja-serviu-mais-de-100-mil-refeicoesMon, 15 Apr 2024 15:29:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/semdes/restaurante-popular-do-tabuleiro-ja-serviu-mais-de-100-mil-refeicoesO Restaurante Popular localizado no Tabuleiro do Martins já serviu, desde sua inauguração, mais de 100 mil refeições. O equipamento da Prefeitura de Maceió oferece uma alternativa acessível e nutritiva para a população mais vulnerável, distribuída no formato pague e leve. O café da manhã custa R$ 1,00 e o almoço R$ 3,00.

Dona Maria Ivonete Oliveira, moradora da região, destacou a praticidade e a economia que o restaurante trouxe para a sua vida. "Antes, eu tinha que fazer uma feira maior e se precisasse comprar comida fora, o custo era mais alto. Aqui, a comida é boa e o preço é acessível", disse.

Cada unidade dos Restaurantes Populares requer um investimento de aproximadamente R$ 950 mil para a manutenção e a implantação. A Prefeitura de Maceió planeja abrir mais quatro equipamentos este ano. 

O Restaurante Popular do Tabuleiro funciona das 7h às 14h, de segunda a sexta-feira. As fichas para o café da manhã são vendidas a partir das 7h, incluindo dois pães com manteiga, uma fruta da estação e um copo de café por R$ 1,00. Já as fichas para o almoço estão disponíveis a partir das 10h, oferecendo uma quentinha com arroz, feijão, macarrão, uma proteína, uma sobremesa e um suco por apenas R$ 3,00.

Enquanto a unidade do Centro funciona nas modalidades presencial e pague e leve, os restaurantes populares localizados no Jacintinho, Benedito Bentes e Tabuleiro do Martins operam exclusivamente na modalidade pague e leve, proporcionando uma opção conveniente para a população que mais precisa.

]]>
Vigilância Sanitária realiza ação de combate à dengue na parte alta de Maceióhttps://maceio.al.gov.br/noticias/sms/vigilancia-sanitaria-realiza-acao-de-combate-a-dengue-na-parte-alta-de-maceioMon, 15 Apr 2024 14:23:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/sms/vigilancia-sanitaria-realiza-acao-de-combate-a-dengue-na-parte-alta-de-maceioDurante o último final de semana, nos dias 13 e 14 de abril,  a Vigilância Sanitária de Maceió (Visa), realizou ações de combate  ao Aedes Aegypti nos bairros Benedito Bentes e Tabuleiro do Martins. A iniciativa faz parte da estratégia desenvolvida para evitar a proliferação da dengue, zika e chikungunya na capital alagoana. 

Com orientações e distribuição de panfletos educativos, equipes da Visa visitaram mercados públicos dos dois bairros da parte alta de Maceió e estabelecimentos comerciais, a fim de orientar os comerciantes e a população local sobre os métodos para evitar possíveis criadouros do mosquito. 

Airton Santos, chefe especial da Visa Maceió, ressaltou que essas ações podem proporcionar uma maior conscientização à população e que as fiscalizações e orientações são sinônimos de cuidado e responsabilidade com a saúde dos maceioenses, que podem colaborar no combate das arboviroses.

“É indispensável esse trabalho educativo. Dessa forma, podemos convocar e mobilizar a todos a terem responsabilidade com um problema de saúde nacional. É importante conscientizar e orientar para que a luta no combate à dengue tenha êxito, de modo a salvar vidas e a diminuir os possíveis criadouros de mosquitos, que causam dengue, zika e  chikungunya”, enfatizou Airton Santos.

Além da ação educativa, foram realizadas fiscalizações referentes ao descarte de materiais que possam armazenar água parada, além do reforço sobre a manipulação de alimentos, a fim de conscientizar comerciantes e a população sobre a necessidade de combater o mosquito da dengue, todos juntos, como uma batalha coletiva de prevenção.

Dados epidemiológicos

De acordo com o último Boletim Epidemiológico de Arboviroses, em Maceió, foram confirmados 1.232 casos de dengue. No mesmo período de 2023, foram confirmados 574 casos da doença, correspondendo a um aumento de 114,63% em 2024.

Por isso, para diminuir a quantidade de casos, a Secretaria de Saúde de Maceió e outras pastas municipais estão intensificando as ações e estratégias para combater o Aedes aegypti na capital. 

]]>
Educação convoca 201 profissionais aprovados no Processo Seletivo de 2023https://maceio.al.gov.br/noticias/semed/educacao-convoca-201-profissionais-aprovados-no-processo-seletivo-de-2023Mon, 15 Apr 2024 12:12:00 -0300https://maceio.al.gov.br/noticias/semed/educacao-convoca-201-profissionais-aprovados-no-processo-seletivo-de-2023A Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Maceió publicou na edição extraordinária do Diário Oficial do Município da última sexta-feira (12) uma lista de convocação de mais 201 profissionais aprovados no Processo Seletivo Simplificado (PSS).

Os candidatos devem comparecer até as 17h desta segunda (15) no auditório Paulo Freire, localizado na Semed, Rua General Hermes, 1199, Cambona, portando os seguintes documentos:

* Documento de identidade de reconhecimento nacional, que contenha fotografia;

* Cadastro de Pessoas Físicas - CPF;

* Cartão ou Extrato do PIS/PASEP/NIT (esse documento deve ser retirado na Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil e o NIT no app meu INSS);

* Carteira de Trabalho Profissional – CTPS;

* Comprovante de Residência atualizado;

* Comprovante de estar em dia com a Justiça Eleitoral;

* Certificado de Reservista ou documento equivalente, se do sexo masculino;

* Declaração de acumulação ou não de cargos em funções públicas;

* Comprovação da Escolaridade exigida, através de Diploma devidamente reconhecido pelo MEC;

* Registro no conselho de classe com comprovação de quitação e regularidade profissional conforme o caso

O objetivo da convocação é atender às demandas das creches e escolas municipais, bem como suprir as carências no corpo docente da comunidade escolar.

No edital é possível conferir os nomes dos selecionados e a data da entrega dos documentos.

Nesta sexta chamada, foram convocados auxiliares de sala para Educação Infantil e Educação Especial, merendeiros, professores de educação infantil e de geografia, e assistente social. Desde março até agora, foram chamados mais de 1.600 profissionais.

Os profissionais com deficiência convocados, além de entregar os documentos acima, também devem apresentar o laudo e/ou atestado médico "original" identificando o tipo de deficiência ou disfunção atualizado.

Serão eliminados do PSS os candidatos que não comparecerem ou não apresentarem os documentos solicitados.

]]>